Óculos: como escolher a armação perfeita para seu rosto

Conheça os modelos que nunca saem de moda

 

De vários formatos e tamanhos, em armações discretas, coloridas ou com texturas, os acessórios tornaram-se peça fundamental em qualquer look, dos mais despojados aos formais. Mas, com tantas opções no mercado, é preciso analisar os traços do seu rosto para que fique proporcional sob armação e lentes. A melhor dica é se olhar bem no espelho, de perto e de longe: “Se você não se sentir à vontade, o modelo acabará com o visual, por mais sofisticado que seja” alerta o designer de óculos Francisco Ventura.
O primeiro passo para acertar na escolha da armação é enxergar que linhas do rosto quer realçar ou suavizar, explica o especialista. Veja quais óculos combinam com seus traços:

Conheça os vários modelos de óculos - Foto: Getty Images

Reto
Experimente armações retangulares, que conseguem suavizar traços do rosto, proporcionando um visual mais delicado e feminino. As lentes com fio de náilon são ótimas opções. “Quem tem maxilar largo ou marcado é quem mais devia experimentar armações que puxam pra cima, como a gatinho ou tipo borboleta”, sugere a consultora de moda da Oficina de Estilo, Fernanda Resende.
Redondo
Modelos com linhas retas dão uma afinada no seu rosto. Prefira armações quadradas ou retangulares, que garantem esse efeito de maneira bem sutil.
Oval
Este formato de rosto é o mais flexível de todos. As linhas curvas e o comprimento longilíneo permitem que quase todos os modelos sejam usados de maneira bastante harmônica e com muito charme.
Triangular
Testa larga e queixo fino pedem armações redondas, estreitas e ovais para suavizar essas linhas. O modelo aviador é o mais indicado.

O primeiro passo para acertar na escolha da armação é enxergar que linhas do rosto quer realçar ou suavizar

Delicado

“Quem tem traços delicados pode ir sem medo na direção das armações em cores mais claras (cinzas, azuis, marrons), em materiais translúcidos ou com vazados nas laterais. Pessoas de traços delicados que escolhem óculos muito marcantes servem de cabide pro acessório: todo mundo vê os óculos e só muito depois vê a pessoa”, ensina Fernanda.
A personal stylist da Oficina de Estilo também esclarece a diferença entre as armações de sol e as de grau: “Em óculos de grau a sobrancelha sempre tem que estar aparente, e em óculos de sol ela pode ficar escondida embaixo da armação”. Levando em conta que você tem que experimentar, veja algumas sugestões de modelos:
Oversized
São os óculos gigantes. Nesse caso, metade da sobrancelha de fora é o pecado mais comum e, geralmente, reflete que você ainda não tem segurança para assumi-los. “O ideal é que as sobrancelhas fiquem totalmente cobertas pela armação oversized”, diz Francisco. As maçãs do rosto também devem ficar bastante cobertas (nada de tampar somente a região das olheiras, por exemplo).

Óculos podem dar charme extra ao look - Foto: Getty Images

Wayfarer
Ícone de estilo do artista Andy Warhol, o modelo quadrangular – um clássico da Ray-ban – reviveu momentos de glória entre os jovens. Coloridos e estampados, em cores neon, ele aparece desde em cenários urbanos até em praias e parques. De armação espessa em acetato, as cores neutras com lentes de grau aderem ao visual nerd.
Aviador
A versão arredondada sobrevive no topo das mais queridas. É bastante versátil, se adaptando a vários estilos, mesmo com essa inspiração na imagem do piloto. Originalmente em metal, as armações agora podem ter cor e mais espessura.
Clubmaster
Outro modelo da original Ray-ban, o clubmaster faz uma mistura de acetato – que pode ser colorido e cobrir as sobrancelhas – com metal sobre as maçãs do rosto. Mais arredondado que o wayfarer, foi lançado nos anos 1980, tomando emprestado o desenho dos óculos de roqueiros das décadas de 1950 e 1960.

Gatinho
É aquele que dá a impressão de que os olhos são puxadinhos. Podem ser mais redondos ou ovais, nunca muito grandes. O modelo é outro clássico dos anos 1950, que nunca desaparece.
Borboleta
Difundida pela marca Prada, a armação é uma variação da oversized com curvas que lembram as asas de uma borboleta. É chique, mas bem chamativo.
Para as mais ousadas, existem outras variações em texturas e estampas de acetato:
– Bicolores estão totalmente aprovados por Stella McCartney;
– Chanel foi além e cravou brilhantes sobre o clássico preto;
– O nerd virou chique, embaixo de óculos quadrados e pesados. Se for usar à noite, evite as sombras cintilantes que briguem com a armação e reflitam nas lentes;
– Armações purpurinadas fizeram a cabeça de John Galliano;
– Mais clássicos, Gucci e Valentino não deixaram o nude escapar nem dos olhos;
– Seguindo a tendência ecológica, a Shwood confecciona coleções feitas de madeira.

Fonte: Yahoo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: