O calor afeta o seu humor?

O calor afeta o seu humor?

Verão: tempo quente, o sol colorindo as paisagens, praia, piscina, férias, alto astral, certo? Há algumas exceções… Nem sempre curtimos os dias claros como gostaríamos, nem sempre estamos de férias, nem sempre esse calor desperta o nosso bom humor.

Cada estação traz seus convites, que captamos ao observá-las: inverno é tempo de se recolher, de estar mais internalizado, é a época de hibernar. A primavera é a estação de florescer, que nos encanta com sua beleza, que nos convida a criar, assim como incentiva os animais a procriarem e gerarem vida. No outono vem o necessário convite à renovação, à troca das folhas nas árvores e das ideias nos seres humanos. Verão é momento da abertura, da relação, de aproveitar os dias longos para se conectar com o mundo externo.

Juntando as altas temperaturas às demais cobranças diárias, muitas vezes o que surge de resultado é mau humor, cansaço, agitação. Você já observou se tem agido conforme a estação do verão lhe convida? Nem sempre adequamos nossa rotina ao que esse clima pede: alimentação mais leve, repor com frequência o líquido perdido, usar roupas mais frescas, usufruir de espaços abertos. E num nível emocional, também buscar mais abertura e leveza, com certeza, contribuirá para um verão mais saudável.

Efeitos contrários

Por vezes é a cobrança pelo corpo perfeito que destrói nossa diversão. Ao invés de se entregar ao momento, muita gente fica preocupada em atingir um ideal que nunca chega. Já pensou se esse é o seu caso? Se for, desencane. Procure cuidar de sua saúde, claro, se alimentando bem, fazendo exercícios, mas para lhe gerar bem-estar integralmente. Não para alimentar culpa e medo.

Talvez a rotina de organizar as férias esteja gerando o efeito contrário ao relaxamento. Já pensou maneiras de curtir melhor esse tempo, sem tanto estresse? Delegar funções, facilitar mecanismos, procurar relaxar sem ficar preocupado com tudo e com todos. Apertar o botão “desliga” de vez em quando pode fazer muito bem!

Não está de férias enquanto todos seus amigos estão curtindo uma bela praia? Isso sem falar que nessa época incidem impostos, cobranças, enfim, coisas que contribuem para que a agitação possa aumentar ainda mais. Já que não há remédio, que tal curtir seu verão aproveitando as mínimas possibilidades de ser mais leve e suave? Tomar um suco natural bem geladinho na hora em que bate aquele calor, um banho em temperatura mais amena com sabonetes de aromas refrescantes, curtir a brisa na janela do seu meio de transporte. Enfim, tente buscar maneiras especiais de aproveitar esse solstício. É hora do almoço? Que tal afrouxar a gravata ou descer um pouco do salto? Levar um sabonete de rosto na bolsa, para no meio do dia refrescar sua pele pode ser uma maneira de se abrir para o próximo turno. Traga a natureza para perto: ouvir sons de água ajudam a manter a mente num estado de relaxamento que permite que as ideias fluam, como a correnteza suave de um rio.

Então, aproveite cada momento que a vida lhe apresentar para viver os convites do verão: leveza, abertura, iluminação, contato, ação. Do seu jeito, viva o seu verão!

Fonte: MSN Entretenimento

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Suely Poubel
    jan 18, 2012 @ 17:26:59

    Olá amiga Regina! Vou descançar em uma cidade do interior de Minas Gerais, que eu adoro: Poços de Caldas. Nas minhas férias fujo dos grandes centros urbanos, apesar de conhecer São Paulo, Belo Horizonte e Curitiba, os meus passeios prediletos são as cidades do interior, a já tive oportunidade de conhecer (e amar), Poços de Caldas, São Lourenço, Caxambu e Monte Sião, todas em Minas Gerais, em São Paulo, conheço Campos do Jordão, Águas de Lindóia e Serra Negra, aqui no Rio, quando o tempo é curto, vou para Itatiaia e Penedo, mas já estive aí pertinho de vc., e conheci Itajaí ( fui no Beto Carrero World, pode?), Blumenau, Balneário Camboriú (lindo!), e Jaraguá do Sul, onde meu primo mora. É isso aí amiga, adooooro colocar o pé na estrada, acho que na outra vida eu fui caminhoneira (o), vc. não fica p/trás, não é? bjnhos.

    Responder

    • vieiraregina
      fev 04, 2012 @ 15:19:17

      Amiga, aproveita muiiiiito! Está aí um Estado que não conheço mas pretendo conhecer, Minas Gerais!
      Eu também, se pudesse, viveria na estrada!!! rsrsrs Amooooooo!
      Grande abraço minha querida!

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: