Dieta dos 17 Dias

Acelere o metabolismo e Emagreça com a Dieta dos 17 Dias

Por Laura Bugelli e Bárbara Nascimento | Yahoo! Brasil

iStock

O nome dele é Michael Rafael Moreno, mas para aquelas que acompanham as últimas dietas da moda e todas as novidades da saúde ligada à beleza, ele pode ser reconhecido apenas como Dr. Mike.

Pois é, o Dr. Mike está dentro da lista dos médicos que já fizeram a alegria da mulherada ao criar uma dieta que ajuda a perder peso rapidamente e de maneira duradoura. O livro “A dieta dos 17 dias” é a nova sensação entre aquelas que lutam contra os quilinhos a mais.
Não se trata apenas de fazer mais exercício e comer menos: o truque usado pelo médico para criar a eficaz dieta é induzir o organismo a entrar em um “modus operandi” de queimar gordura a partir da aliança entre alimentação saudável e exercícios leves, o que melhora a saúde digestiva e metabólica.
Seguindo com rigor os passos indicados no plano, é possível perder de 4 kg a 7 kg nos primeiros 17 dias. Pesquisas mostram que os planos de emagrecimento rápido são eficazes para ajudar as pessoas a se manterem magras. "Perdi nove quilos em três meses com ajuda da dieta dos 17 dias. O livro me ajudou porque ele dá várias opções de cardápios e eu vi resultados como nunca tive antes, o que me deixou motivada", conta a advogada Dinah Guimarães, que emagreceu para entrar no vestido de noiva e ficar linda no casamento.

O padrinho de Dinah, o também advogado Marcelo Carlos, emagreceu 14 quilos em dois meses. O motivo foi o mesmo: o casamento dela com o primo dele, Breno. O livro foi indicação da noiva. "O chá verde é primordial. Complementando, eu reduzi o sal e caprichava no vinagre balsâmico e azeite. Agora, o segredo mesmo é beber água, bastante água. Um organismo hidratado perde peso mais fácil", comenta Marcelo.
Outro diferencial da dieta: o consumo de proteínas é estimulado em quantidades ilimitadas (dependendo do ciclo). Isso não significa comer 27 ovos fritos ou 18 tiras de bacon, mas sim usar alimentos pouco calóricos, como frango, peixe ou carnes magras para substituir alimentos ricos em gordura.

As proteínas ainda são um poderoso mecanismo de queima de gordura por seis razões:

  1. Digerir proteínas consome mais energia (calorias) do que digerir carboidratos ou gorduras.
  2. Incluir bastante proteína em sua alimentação estimula um dos mecanismos de queima de gordura do seu corpo: a produção do hormônio glucagon. Esta substância sinaliza ao organismo que é hora de levar a gordura alimentar para a corrente sanguínea e utilizá-la como energia, em vez de apenas armazená-la.
  3. A ingestão de boas quantidades de proteína ajuda a preservar a massa muscular magra que poderia ser sacrificada em uma dieta de emagrecimento rápido. Naturalmente, quanto mais massa muscular magra você possui, mais calorias queima, mesmo em repouso.
  4. Comer proteína ajuda a manter estável o nível de açúcar no sangue, de modo que você não sente as oscilações ou a queda de energia.
  5. Uma das principais funções da tireoide é regular o metabolismo, e ter proteína suficiente na alimentação, reforça a ação dessa glândula.
  6. Incluir proteínas nas refeições ajuda a reduzir o apetite, o que o impede de exagerar.

A Dieta dos 17 Dias é organizada em quatro ciclos que se reforçam mutuamente para ajudar o organismo a atingir o peso ideal e nele se estabilizar.

Ficha técnica:

Título: A Dieta dos 17 Dias
Autor: Mike Moreno
Tradução: Ana Beatriz Rodrigues
Editora: Sextante
Especificações: Brochura | 240 páginas
Palavra da redação: A editora do Yahoo! Mulher, Bárbara Nascimento, leu o livro, testou a dieta e perdeu 3,5 quilos na primeira fase. Ela adorou o resultado e vai continuar a saga!

Primeiro ciclo (perde de 4 a 5 kg): Acelerar – Promover o emagrecimento rápido melhorando a saúde digestiva, ajuda a eliminar o açúcar do sangue para estimular a queima de calorias e evitar o armazenamento de gordura.

Cardápio do dia típico do Ciclo Acelerar:
Café da manhã

  • 2 ovos ou 2 claras, preparados sem óleo; ou 1 porção de alimento probiótioco (ex: iogurte, leite fermentado)
  • 1 porção de fruta (de preferência de baixo açúcar: laranja , maçã, pêra, morango, uva roxa)
  • 1 xícara de chá verde

Almoço

  • Quantidades generosas de proteína como peixe, aves ou ovos, mais quantidades ilimitadas de legumes e verduras purificadores (alface, agrião, brócolis, berinjela, cenoura); ou 1 porção de probiótico mais quantidades ilimitadas de legumes e verduras purificadores
  • 1 xícara chá verde


Jantar

  • Quantidades generosas de proteína sob a forma de peixes ou aves
  • Quantidades ilimitadas de legumes e verduras purificadores
  • 1 xícara de chá verde

Lanches

  • Porção de fruta
  • Porção de probiótico

Extra

  • 1 porção ou 1 a 2 colheres de sopa de gordura benéfica (1 a 2 colheres de sopa de azeite de oliva ou óleo de linhaça) para usar nas saladas ou para cozinhar

Segundo ciclo: Ativar – Reprogramar o metabolismo por meio de uma estratégia que envolve aumentar e em seguida reduzir o consumo calórico para estimular a queima de gordura e ajudar a evitar a estagnação no processo de emagrecimento.

Cardápio do dia típico do Ciclo Ativar:
Café da manhã

  • ½ xícara (de chá) de grãos de cereais integrais cozidos ou 2 ovos ou 4 claras de ovos, preparados sem óleo; ou 1 porção de probiótico
  • 1 porção de fruta
  • 1 xícara de chá verde

Almoço

  • Porções generosas de proteína como frutos do mar, carne vermelha ou frango ou ovos; ou de legumes e verduras mais 1 porção de probiótico
  • 1 porção de amido natural, como arroz integral ou cuscuz de semolina
  • Quantidades ilimitadas de legumes e verduras purificadores
  • 1 xícara de chá verde

Jantar

  • Porções generosas de proteína como peixe, frutos do mar, carne vermelha ou frango ou peru.
  • Quantidades ilimitadas de legumes e verduras purificadores
  • 1 xícara de chá verde

Lanches

  • Porção de fruta
  • Porção de probiótico

Extra

  • 1 porção de gordura benéfica (1 a 2 colheres de sopa de azeite de oliva ou óleo de linhaça para temperar saladas ou para cozinhar)

Lembre-se: alterne um dia no Ciclo Ativar com um dia no Ciclo Acelerar durante 17 dias.

Terceiro ciclo: Conquistar – Desenvolver bons hábitos alimentares por meio da reintrodução de determinados alimentos e aproximá-lo do seu peso ideal.
Cardápio do dia típico do Ciclo Conquistar:
Café da manhã

  • ½ xícara (de chá) de grãos de cereais cozidos; ou 2 ovos ou 4 claras de ovos, preparados sem óleo; ou 1 porção de probiótico
  • 1 porção de fruta

Almoço

  • Porções controladas de proteína como peixe, frutos do mar, carne vermelha, frango ou ovos; ou de legumes e verduras mais 1 porção de probiótico, laticínio ou substituto de laticínio
  • 1 porção de amido natural
  • Quantidades ilimitadas de legumes e verduras

Jantar

  • Porções controladas de proteína como peixe, frutos do mar, carne vermelha, frango ou peru
  • Quantidades ilimitadas de legumes e verduras

Lanches

  1. Porção de fruta; ou
  2. Porção de probiótico, laticínio ou substituto de laticínio; ou
  3. Alimento da lista de lanches opcionais

Extra

  • 1 porção (1 a 2 colheres de sopa de gordura benéfica para usar em saladas, legumes e verduras ou para cozinhar)

Quarto ciclo: Manter – Mantê-lo no peso desejado durante um programa de nutrição que o deixa consumir seus alimentos favoritos nos fins de semana, sem abrir mão de uma alimentação saudável nos outros dias.

  • Do café da manhã de segunda-feira até o almoço de sexta-feira siga o cardápio de um de seus ciclos favoritos: Acelerar (Primeiro Ciclo), Ativar (Segundo Ciclo) ou Conquistar (Terceiro Ciclo).
  • Do jantar de sexta-feira até o jantar de domingo: desfrute de seus alimentos e refeições favortios com moderação.
  • Faça de uma até três refeições favoritas durante o fim de semana. Não exagere, coma lentamente e saboreando os alimentos.
  • Se desejar, tome bebidas alcoólicas com moderação durante o fim de semana (1 ou 2 doses por dia): 45 ml de destilados, 150 ml de vinho ou 360 ml de cerveja.
  • Você pode incluir sopas nos cardápios diários, desde que tenham como base um caldo sem gordura. Evitem sopas que levem leite ou creme de leite. Tomar sopa antes de uma refeição o ajudará a controlar o apetite e a se sentir saciado.
  • Você pode substituir uma das porções de frutas por suco de fruta (sem açúcar), mas não mais de ¾ de xícara (de chá) por porção.
  • Sinta-se à vontade para tomar uma xícara (de chá) de suco de legumes ou verduras no lanche.
  • Continue a usar condimentos com moderação. Escolha temperos com baixo teor calórico, sem gordura, como molhos light, especiarias, ervas, sumo de limão e vinagre.
  • Pratique exercícios durante a semana e também nos fins de semana.
  • Toda segunda-feira, renove o compromisso consigo mesmo e com sua nova silhueta. Faça isso e continue a controlar sua alimentação semana após semana. Essa estratégia é garantia de sucesso.

Fonte: Yahoo Mulher

Anúncios

Os Benefícios do Tai Chi Chuan

O Tai Chi Chuan é uma arte terapêutica chinesa que garante a saúde da mente e do corpo.

371274 Os benefícios do tai chi chuan 3 Os benefícios do Tai Chi Chuan

Com movimentos leves e graciosos, o Tai Chi Chuan garante muitos benefícios (Foto: Divulgação)

O Tai Chi Chuan é uma arte terapêutica milenar criada na China e hoje é muito famosa por ser a forma mais suave e fácil de manter o físico e o mental saudáveis por mais tempo. De acordo com estudos, essa arte rejuvenesce as pessoas porque abaixa a pressão sanguínea, estimula a circulação, irriga as juntas, mobiliza o sistema imunológico e fortalece os músculos. Esses são apenas alguns dos benefícios do Tai Chi Chuan. Confira os outros:

Com movimentos leves, lentos e graciosos, o Tai Chi Chuan promove uma respiração correta, que faz com que todo o organismo funcione com grande harmonia. Além disso, o cérebro fica mais concentrado e livre de tensões e estresses. Assim, o corpo e a mente entram em equilíbrio para funcionarem com mais disposição.

O Tai Chi Chuan é indicado para pessoas de qualquer gênero ou idade, pois são exercícios de baixa velocidade e pode ser usado no tratamento de várias doenças, inclusive as mentais.

 

371274 Os benefícios do tai chi chuan 2 Os benefícios do Tai Chi Chuan

Desde pequeninos, os chineses aprendem a arte do Tai Chi Chuan (Foto: Divulgação)

Ele aumenta a flexibilidade dos ossos através de alongamentos, o que diminui a possibilidade da pessoa sofrer de artrite, estimula o sistema imunológico, destruindo os radicais livres causadores do câncer e regulariza a pressão sanguínea, diminuindo os riscos de problemas cardíacos. Para completar, os seus praticantes ganham equilíbrio, reflexo e ótimo bom humor, mandando qualquer depressão embora das suas vidas, já que promove um encontro entre a pessoa e o seu eu interior com muita concentração.

Essa arte terapêutica chinesa contribui para o ganho de energia, o que faz com que as pessoas consigam viver tranquilamente até os 80 ou 90 anos com muita saúde e vida, porque ela é uma verdadeira fonte da juventude. Por isso, todos os dias na China, centenas de pessoas se concentram logo de manhã em praças para realizarem os exercícios do Tai Chi Chuan.

371274 Os benefícios do tai chi chuan 4 Os benefícios do Tai Chi Chuan

O Tai Chi Chuan pode ser feito sozinho ou em grupos (Foto: Divulgação)

Com essa técnica milagrosa que pode ser facilmente praticada e aprendida, você poderá rejuvenescer tanto o seu corpo quanto a sua mente, tornando-se uma pessoa mais saudável, alegre e feliz. Além disso, não precisará ingerir nenhum remédio ou ficar trancafiado por horas em uma academia de ginástica.

A “Adolescência” da Maturidade

 

sôro

Ontem, depois de passar 5 horas e meia no Pronto-Socorro do Hospital Regional, (das 22h às 03:30h da manhã!)*, com alteração da pressão arterial, cheguei a conclusão de que estou na “adolescência”, é, na Adolescência da Maturidade!!!!!

“De acordo com a psicologia, os adolescentes lutam pela identificação do Eu e pela estruturação da sua existência baseada nessa identidade. Trata-se de um processo de auto-afirmação, que costuma aparecer rodeado de conflitos e resistências, nos quais o sujeito procura conquistar a independência”.

E não é o mesmo que acontece com a transição da fase adulta para a maturidade?

O que é a adolescência senão alterações físicas, mentais, emocionais e hormonais? E da fase adulta para a maturidade, também não é assim?

E, diante de tantos “ais”, homens e mulheres tentam passar por essa fase mais tranquilamente. Não que seja mais fácil! O corpo vai perdendo a “forma”, a pele vai perdendo o viço, unhas e cabelos também sofrem com a diminuição dos homônios, o humor fica mais sujeito a alterações, e muitas pessoas sem saber exatamente por que, sofrem de depressão, precisando muitas vezes de ajuda especializada.

O que não podemos perder de vista, é que fomos criados por Deus, que em Sua Perfeição, preparou para cada etapa de nossa vida, “encantamentos” e beleza que cabe única e exclusivamente à nós, enxergá-las ou não!

Além disso, independente de como vamos estar, de qual será nossa aparência nessa fase, seremos sempre e para sempre, como diz na Bíblia,  “a menina dos olhos dEle”!

A qualidade de vida da tão falada “melhor idade”, é para todos, e devemos ser gratos por estarmos nos aproximando dela,  pois significa que continuamos a ter o privilégio de estarmos vivos!

—————————————————————————————–

* Preciso comentar que me surpreendi positivamente com o atendimento do Pronto-Socorro do Hospital Regional. Fui atendida com muita rapidez e atenção! Fui medicada, fiz um eletrocardiograma e depois fiquei no sôro, em observação. Por isso demorou tanto. E, graças à Deus, agora está tudo bem!

Eu que fiz!!! Cachecóis e Boinas

Aproveitando a tendência do inverno.

123451161078a9

Alimentos típicos de inverno que cabem na dieta

Sopas, chás e até o pinhão entram na lista de delícias da estação

Por Carolina Gonçalves

Quando chega o inverno, logo vem à cabeça pratos gordurosos, como fondue, queijos amarelos e chocolate quente com marshmallows. No entanto, a estação mais fria do ano pode – e deve – ser relacionada a alimentos saudáveis e com baixa caloria, que podem muito bem fazer parte da dieta. Confira a lista de delícias que podem ser consumidas e anote as dicas de nutricionistas para acertar na quantidade e no modo de preparo:

 

sopa de tomate - Foto: Getty Images

Sopas

Prato típico do inverno, a sopa caseira pode ser muito nutritiva se for preparada com os devidos cuidados. "Evite temperos prontos, que têm uma grande quantidade de sódio e gordura, componentes que aceleram o aumento de peso e podem até agravar doenças cardiovasculares", diz a nutricionista Simone Abreu, da Clínica BeSlim, de São Paulo. "Deve-se ter cuidado também com a ingestão de sopas à base de creme de leite, pois estas costumam ser mais calóricas."
As sopas mais magras são de legumes e verduras, principalmente as de folhas como repolho, espinafre e agrião. Para sabores diferentes, experimente uma de alho poró ou de creme de moranga. Segundo a especialista, uma sopa de creme de legumes tem em média 84 kcal em 250 ml – uma explosão de nutrientes com baixíssima caloria.

chá - Foto: Getty Images

Chás

Beber chá traz vários benefícios à saúde, como proteção das artérias e auxílio na digestão, além do poder anti-inflamatório e antioxidante. Segundo a nutricionista Myrla Merlo, da clínica Da Matta Fisio, em Belo Horizonte, tantos os chás de saquinho quanto os naturais podem ser consumidos sem prejuízos à dieta. Eles possuem baixíssimo valor calórico: uma xícara tem aproximadamente 2 kcal – se você acrescentar uma colher de chá de açúcar, passará a ter 22kcal.
"No entanto, os chás industrializados trazem várias partes da planta, como folhas e talos, diminuindo a concentração dos princípios ativos da erva e os seus efeitos", diz a nutricionista. Além disso, os chás industrializados devem ser comprados somente se tiverem rotulagem adequada às normas da ANVISA, garantindo que a extração e a concentração da erva seja feita corretamente. Já nos chás naturais, é preciso observar as condições de higiene da planta, comprar somente de fornecedores conhecidos, observar o estado de conservação da erva e certificar-se de que aquela planta é mesmo a que você procura.

taça de vinho tinto- Foto: Getty Images

Vinho

Estudos comprovam que a ingestão moderada de vinho tinto reduz o risco de doenças cardiovasculares, doenças respiratórias e demências, ajuda na digestão e até fortalece os ossos. "Todos esses benefícios estão relacionados aos potentes antioxidantes presentes na casca e nas sementes da uva", explica a nutricionista Myrla. Uma taça de 120 ml de vinho tinto tem aproximadamente 86,50kcal. A quantidade recomendada é de uma taça de vinho para mulheres e até duas para homens por dia. "Essas quantidades, porém, pressupõem que a pessoa mantenha outros hábitos saudáveis, como uma dieta adequada e a prática de exercícios físicos", lembra a profissional.

morangos e abacaxis - Foto: Getty Images

Frutas da estação

As frutas típicas do inverno são: abacaxi pérola, melão, morango e caju. "Todas elas são ricas em vitamina C, nutriente muito importante para o sistema imunológico, principalmente no inverno", explica Simone Abreu. De acordo com a nutricionista, esse grupo de frutas é rico em fibras que ajudam a controlar o colesterol e manter o intestino trabalhando direito, além de possuírem antioxidantes, substâncias que ajudam a prevenir câncer. Uma fatia média de melão contém 19 calorias, nove unidades de morango têm 43 calorias, uma unidade de caju possui 37 calorias e cem gramas de abacaxi pérola contêm apenas 48 calorias.

canela - Foto: Getty Images

Canela

"A canela tem ação estimulante, termogênica e antidiarreica – facilita a digestão, diminui o colesterol LDL, controla a glicose e diminui a compulsão por carboidratos e doces", afirma Myrla Merlo. Além disso, ela protege o corpo de doenças respiratórias por conter propriedades antibacterianas, expectorantes e anti-inflamatórias. É indicada para quem tem bronquite, resfriados, tosse ou infecções como faringite e laringites. A nutricionista, no entanto, explica que a canela não pode ser misturada a bebidas muito quentes, pois as suas propriedades serão perdidas. "O ideal é polvilhar a canela por cima da bebida quando ela já estiver mais morna", aconselha.

pote de gengibre ralado junto de uma raíz inteira - Foto: Getty Images

Gengibre

Essa raiz é rica em vitamina C, capaz de imunizar o organismo contra gripes e constipações, reduzir o colesterol, cicatrizar as feridas, proteger as gengivas e defender o organismo dos radicais livres. "Além disso, o gengibre contém vitaminas B3 e B6, que ajudam a aliviar os sintomas da TPM, e antioxidantes como magnésio, selênio e zinco", diz a nutricionista Myrla. Uma colherzinha de café com aproximadamente seis gramas de gengibre em pó tem três calorias. Ele também pode ser consumido cru, refogado, em forma de chá, utilizado como tempero e até adicionado em sucos. "A recomendação é de um pedaço de 2 cm, três vezes ao dia, ou então fazer um chá com um pedaço de 6 cm e tomá-lo três vezes ao dia", aconselha Simone Abreu.

pinhão - Foto: Getty Images

Pinhão

O pinhão é rico em gorduras insaturadas, benéficas principalmente para a saúde do nosso coração. Seus principais nutrientes são manganês, zinco, vitamina E e vitamina C, antioxidantes que fortalecem nosso sistema imunológico, prevenindo contra doenças e infecções. "Ele também tem propriedades energéticas, agindo no combate à fadiga", explica a nutricionista Myrla. No entanto, ela alerta que o pinhão possui um valor calórico alto: 30 calorias por unidade. "O ideal é consumir apenas 100 gramas, duas ou três vezes por semana", diz.